quarta-feira, 26 de outubro de 2011

COISA DE ÍNDIO: PETECA


O jogo com petecas é de origem indígena, e desde antes do descobrimento do Brasil já era um jogo muito praticado pelos índios.
É provável que os portugueses que se dirigiram ao centro-sul do Brasil tenham deparado, entre cocares e ocas, com um trouxinha de folhas cheias de pedras, amarrada por uma espiga de milho, e com penas espetadas: a peteca. A palavra vem de pe’teka – em tupi, bater -, e revela o uso do objeto, que era golpeado de um lado a outro, numa brincadeira genuína dos índios brasileiros. O hábito perdurou por séculos e, como quase todo artefato indígena, acabou por encantar olhos estrangeiros. Em 1920, na Olimpíada da Antuérpia, a primeira de que o Brasil participava, a equipe de natação jogava peteca para se aquecer. Muita gente se aproximou para saber as regras do jogo, que naquele tempo não existiam.
Oficializado como esporte em 1985, o jogo de peteca, um clássico dos mineiros, chegou à França e ao Reino Unido, onde existem até federações de petequeiros. E nunca deixou de ser brincadeira popular.
Afinal, ninguém quer deixar a peteca cair. Coisa de índio ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente:

 

Blogroll

About