sexta-feira, 23 de junho de 2017

NAS BOAS BANCAS!


JUSTIÇA DO PA RECEBE MANDADO DE PRISÃO CONTRA REGIVALDO GALVÃO, CONDENADO POR MORTE DE IRMÃ DOROTHY




Fazendeiro teve mandado de prisão expedido em seu nome recebido nas delegacias do estado e pode ser preso qualquer instante
O Tribunal de Justiça do Pará confirmou nesta quarta-feira (21) que as delegacias do estado receberam um mandado de prisão contra o fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, considerado um dos mandantes do assassinato de Dorothy Stang em 2005 na cidade de Anapu, sudeste do Pará.
Galvão foi condenado em 2010 a 30 anos de prisão, mas aguardava o julgamento de um recurso em liberdade. Só que neste mês de junho o Habeas Corpus que o mantinha solto foi negado pelo Supremo Tribunal Federal, que também revogou o seu direito de aguardar a tramitação do recurso em liberdade.
ENTENDA O CASO
A missionária norte-americana Dorothy Stang foi morta a tiros em 12 de fevereiro de 2005, em Anapu (PA). Segundo a Promotoria, a missionária foi assassinada porque defendia a implantação de assentamentos para trabalhadores rurais em terras públicas que eram reivindicadas por fazendeiros e madeireiros da região.
Outros quatro acusados de participação no caso, entre executores e mandantes, foram julgados e condenados a penas que variam de 17 a 27 anos de reclusão.
O fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão foi condenado a 30 anos reclusão no dia 30 de abril de 2010. Na sentença, o juiz Raimundo Alves Flexa, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, decretou a prisão preventiva do réu.
O fazendeiro foi beneficiado por uma liminar da desembargadora Maria de Nazaré Gouvêa para aguardar o julgamento do recurso de apelação em liberdade provisória. A decisão foi confirmada, em junho de 2010, pelas Câmaras Criminais Reunidas do Pará, e em maio de 2012 pelo Superior Tribunal de Justiça. Em agosto de 2012 Galvão recebeu Habeas Corpus do STF.

Fonte/Fotos: G1 Santarém/Elivaldo Pamplona – Reprodução TV Globo

FARO-PA: SINGELA, LINDA!

Foto: Roberto Santos

DE OLHO NO PRAZO: PIS/PASEP ESTÁ DISPONÍVEL PARA SAQUE ATÉ O DIA 30



Quem trabalhou com a carteira assinada em 2015 pode ter direito a receber um dinheiro extra este ano: termina na sexta-feira (30) da semana que vem o prazo para saque do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), relativo ao ano-base 2015. O valor pode chegar a R$ 937, patamar atual do salário-mínimo.
Têm direito ao abono os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
Até 31 de maio, 1,83 milhão de trabalhadores ainda não haviam sacado o abono, o equivalente a 7,56% do total com direito ao saque. Segundo o Ministério do Trabalho, este é o balanço mais recente disponível. Passado o prazo para o saque, os valores não requeridos são destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
O valor a que o trabalhador tem direito pode variar de R$ 78 a R$ 937, dependendo de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2015. O abono PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e o Pasep pelo Banco do Brasil. O primeiro destina-se a trabalhadores do setor privado e o segundo a servidores públicos.
Para sacar o PIS, o trabalhador que tiver Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode receber o valor em uma agência da Caixa apresentando documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0227.
Os servidores públicos com direito ao Pasep devem verificar se houve depósito em conta. Caso isso não ocorra, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo número 0800 729 0001.

Fonte/Foto: Agência Brasil

GOVERNADOR JATENE DEVE DEIXAR HOSPITAL EM SÃO PAULO NA MANHÃ DESTA SEXTA-FEIRA




Ele passou por um cateterismo na última segunda-feira em São Paulo
O governador Simão Jatene deve deixar o hospital onde está internado em São Paulo no final da manhã desta sexta-feira (23). Após realizar exames complementares na manhã de ontem (22), a equipe médica confirmou a alta. Jatene deverá retornar a Belém e retomar nos próximos dias as atividades e a agenda oficial normalmente.
Jatene passou por um cateterismo na segunda-feira (19), quando foi constatada a necessidade de colocação de um "stent" coronário. O procedimento foi realizado com sucesso e sem nenhuma alteração.Na última sexta-feira (16), devido a uma alteração na pressão arterial, Jatene esteve em um hospital de Belém para realizar exames de rotina e retornou para casa no mesmo dia. Por conta da recomendação médica, o governador cancelou a viagem que faria a Oriximiná, no oeste do estado, no último sábado (17).
Na ausência de Jatene, o vice-governador Zequinha Marinho assumiu a agenda administrativa e os compromissos agendados anteriormente.

Fonte/Foto: Redação Portal ORM/Tarso Sarraf

NÃO PERMITA!


ELEIÇÕES SUPLEMENTARES NO AMAZONAS: PESQUISAS PARA O GOVERNO VÃO SACUDIR O FIM DE SEMANA



Três pesquisas devem ser divulgadas neste fim de semana ou até segunda-feira  (26 ) sobre as eleições suplementares no Amazonas.  E o resultado da coleta dos estudos feito pelos institutos DMP, do empresário Ronaldo Tiradentes,  Action, do professor Afrânio Lima e a pesquisa 365, do publicitário Durango Duarte, deverá inflamar o cabaré da política amazonense.
Nestas pesquisas o número de eleitores indecisos seria surpreendente, segundo fontes do Portal DeAMAZÔNIA. E mais o interior mais uma vez poderá definir o resultado do pleito.
O país passa por uma mudança transformadora na vida social política. E o eleitor amazonense acompanha atento a essa mudança. Engana-se quem ainda acredita que nada  respinga por estas paragens.
Nesta eleição atípica, dois personagens estariam no centro do comportamento do eleitor: Marcelo Ramos e Rebecca Garcia.  Não haveria outro ponto chave. Os caminhos e as rotas foram desviadas e neste trajeto de curvas sinuosas é quase que imprevisível prevê que o vem pela frente. 
Essas mexidas embaralharam o jogo, e surpreendentemente, causará um reflexo de prognóstico pouco provável. 
Não seria surpresa se o eleitor procurar um novo candidato com o discurso pela ética que Marcelo Ramos, por exemplo, pregava, até um mês atrás, e que ele jogou pelo ralo, ao se aliar ao senador Eduardo Braga (PMDB), investigado na Lava jato. Não se espante. Há esse vácuo no meio do percurso.
Sorte__________
Senador Eduardo Braga, candidato ao governo pelo PMDB, desejou sorte a Marcos Rotta, agora em ninho tucano. Braga divulgou uma nota. “Desejamos ao vice-prefeito Marcos Rotta, boa sorte em sua escolha”, afirmou o senador.
Travou_______
O governador interino David Almeida travou os R$ 6 milhões e fez corte de recursos para o Festival de Parintins. Da verba de R$ 4 milhões destinada aos bois só será liberado R$ 3 milhões, para ser dividido, sendo que R$ 1 milhão vai para uma empresa de som e iluminação. Dinheiro para a infraestrutura da cidade, destinado a Refeitur no valor de R$ 2 milhões para preparar Parintins para o festival, teria sido cortado por David.
Geração y__________
Amazonino se aliançou com as redes sociais. Nesta quinta (22) fez sua primeira selfie e de uma só vez foi parar em quatro canais de redes sociais. O Negão não tinha face. Pode? Mas agora isso é coisa do passado.

Fonte/Foto: Portal DeAmazônia
 

Blogroll

About